LATEST POST

WIP e Qualidade

Muita gente entende que trabalhar com #kanban é limitar WIP. Não é bem assim. O objetivo de um sistema #kanban não é limitar o WIP. O objetivo é melhorar o fluxo de valor de forma que WIP baixo seja possível. Limitar o WIP é um, dentre vários, estressor para fazer o sistema fluir. O #KMM…

Continue lendo →

Filtros de decisão de fato ágeis

Como líder de negócios, tomar decisões sobre como levar vários projetos adiante pode ser uma tarefa assustadora. Fazer a escolha certa pode ser uma fórmula difícil de alcançar. Então, como você pode saber como proceder e qual tarefa resolver primeiro? Ter muitas opções e a riqueza de tempo gasto peneirando várias opções e prioridades pode…

Continue lendo →

Sobrecarga das Pessoas, Kanban e o Trabalho em Progresso.

Muitos interpretam o método Kanban como um método que não considera as pessoas. Que foca na eficiência, nos processos, no mecanicismo. Ledo engano. Kanban tem como uma das suas agendas, a sustentabilidade, por meio do limite do WIP. Quando aplicamos esta prática, estamos preservando a capacidade das pessoas de darem soluções criativas para os problemas…

Continue lendo →

As 8 faces da gestão de fluxo

Pessoal, neste artigo, queremos dar uma visão mais ampla sobre a gestão de fluxo ligado ao trabalho do conhecimento. Vamos abordar algumas dimensões da gestão de fluxo que podem passar despercebidas no dia-a-dia e, por isto, nos levar a tomar decisões erradas. Existem algumas dimensões para que uma gestão de fluxo seja de fato eficaz.…

Continue lendo →

Médias, desvios e os eventos raros.

Médias, desvios e os eventos raros. O que podemos usar para tornar o sistema mais antifrágil? Análise de tendências de lead time do sistema. Não estaremos aqui discutindo a importância de se medir o lead time do sistema e o Throughput (vazão). Já avaliamos isto em tópicos anteriores. O que vamos tratar aqui é sobre…

Continue lendo →

Kata e as métricas de fluxo

No dia-a-dia da gestão de fluxo precisamos ter alguns cuidados, digamos, rotineiros. Na Toyota, um dos fundamentos do grande sucesso do seu sistema de gestão, o Toyota Production System, é a execução do Kata. Mas o que é o Kata? Se trata de movimentos repetidamente realizados até que se obtenha a perfeição. A origem vem…

Continue lendo →

Lei de Little e Simulação de Monte Carlo

Continuando o post anterior, onde falávamos sobre o exercício proposto pelo Rodrigo Yoshima, no #LKBR19 , como podemos confiar se a previsibilidade apontada pelos cálculos é confiável? Podemos utilizar métodos de simulação, como a Simulação de Monte Carlo. Existem diversos métodos de simulação, mas a Simulação de Monte de Carlo é bem simples e muito…

Continue lendo →

Ice Breaker

Na abertura do LeanKanban Brazil 2019, Rodrigo Yoshima nos colocou um exercício como forma de um “ice breaker” O exercício foi o seguinte. Dado o histograma abaixo, pede-se: Qual a sua distribuição e o seu formato? Qual o percentil 90? Qual a média? Dado que o serviço tem WIP estável em 8, quantas entregas serão…

Continue lendo →

Previsibilidade em gestão de fluxo

Trabalhar com previsibilidade em gestão de fluxo de demandas parece para muitos algo complexo ou inalcançável. É muito comum encontrar gestores confusos ou céticos no meu dia-a-dia o que me leva a questionar: “Como poderia demonstrar que algo que é simples de fato se torne simples para as pessoas?” Pois bem, vejamos estes dados de…

Continue lendo →

Conteúdos sobre Kanban

Estou respondendo a essa pergunta pelo menos umas duas vezes por semana, então, está mais do que na hora de virar post no blog! Como posso saber mais sobre Kanban? Conteúdos Gratuitos Kanban em 1 palavra: Fluxo em 5 minutos: Video “Kanban em 5 minutos” da Aspercom em 60 minutos: Essential Kanban Condensed (Andy Carmichael e David…

Continue lendo →

Page 1 of 14